Sujou pau do moleque ambulante piauiense

Quebrou o galho

Sujou pau do moleque ambulante piauiense. Magrelo estava no osso. A rosca coçando e ninguém para resolver o problema. Eis que ouviu gritos na rua. Era um moleque moreno com um carrinho cheio de tranqueiras. Vendia de tudo, desde vassoura, rodo, pano de prato até cofres de gesso. O cabra não se interessou em nada disso, apenas no moleque, por isso o chamou e inventou interesse. Quanto é o kit rodo vassoura? É dez conto meu patrão, respondeu confiante da venda o novinho. Entra ai e coloque o carrinho na garagem. Quando o jovem fez isso ouviu a proposta indecente: te dou 20 e não quero nada, só que você coloca a piroca na minha bunda…
Sujou pau do moleque ambulante piauiense

Sujou pau do moleque ambulante piauiense

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*