Sertanejo deu carona e levou pimbada no furo

11300
Share
Copy the link

Sobe aí

Sertanejo deu carona e levou pimbada no furo. Era tarde quando o gordinho fechou seu comércio no centro da cidade e tomou rumo do sítio. Na saída da cidade viu um sujeito dando a mão pedindo carona. Nas pequenas cidades ainda persiste o hábito de dar carona a desconhecidos e foi isso que o sujeito fez. Parou a pickup e viu um homem negro, também gordinho, pedido para ir até o povoado mais próximo. Sobe aí, falou o motorista. No caminho o papo flui fácil. O homem falou que tinha perdido o carro de transporte porque ficou no bar tomando uma. Disse que estava no grau, facinho, facinho. Nisso o gordinho ficou mais à vontade de se abrir, afinal, bebum diz sim para tudo. Parou o carro e disse: então se eu baixar as calças, tu bota para dentro? Mas “home”, sou doido em furar um furo! disse o negro todo saliente.
Sertanejo deu carona e levou pimbada no furo

One thought on “Sertanejo deu carona e levou pimbada no furo

  1. Quem dera achar um desse no meio da estrada. Rola deliciosa.

Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *