Pai não respeitou e empurrou no filho adotivo

232
Share
Copy the link

Carne fraca

Pai não respeitou e empurrou no filho adotivo. Desde que o moleque veio morar com ele aos 12 anos de idade, ele sempre o tratou como filho. Perdera os pais num acidente de carro e como eram amigos, o homem sentiu a necessidade de tomar uma atitude depois do ocorrido. O tempo passou e o então menino se transformou em homem. Gostoso por sinal, que tinha a mania de ficar pelado no quarto. Isso despertou no padrasto um tesão proibido. Ficava o observando pela fechadura ele de bruços na cama, como se oferecesse o rabinho. Até que chegou no famoso ponto sem volta e o coroa então pensou com a cabeça de baixo e pegou o safado de jeito.
Pai não respeitou e empurrou no filho adotivo
Pai não respeitou e empurrou no filho adotivo
 
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *