Não conseguiu dizer não ao padrasto machão

Presença masculina

Não conseguiu dizer não ao padrasto machão. Os pais se separaram quando ele era apenas uma criança de 7 anos. Desde então não tinha mais a presença masculina em casa, pois o pai se ausentou de vez da vida deles. Sempre sentiu falta disso e depois de tanto tempo a mãe arrumou um novo marido. Homem sério, másculo mas muito amigo. Logo ocupou o lugar de paizão da casa e tudo corria bem. Mas o agora jovem agora percebia que seu sentimento pelo padrasto era muito mais que pai e filho. Era um desejo de ser possuído, de tocar seu corpo e sentir aqueles braços peludos o agarrando por trás. O homem também começou a dar sinais estranhos. Toda vez que a mãe não estava presente ele vinha perguntar se não estava precisando de alguma coisa e ficava por perto, aquele calção velho de jogador que deixa a mala aparecer, com aquele cheiro de suor testosterona bem dele. Até que não deu mais para aguentar e acabou liberando a bunda para o cabra enterrar a pica grossa, mesmo ficando culpado por isso.
Não conseguiu dizer não ao padrasto machão

Não conseguiu dizer não ao padrasto machão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*