Coroa vadio leva pau de jovem no mato

Todo dia

Coroa vadio leva pau de jovem no mato. O dia estava chuvoso e frio, ou seja, nada propício a uma caminhada. Mas puto que se preza não tem disso. Todo dia é dia de caçar macho e levar pombada de desconhecido. Saiu e foi andar pela mata. Não tinha uma alma viva, exceto uma fumaça que vinha de um lado. Foi ver e era um jovem curtindo seu beck. Pediu um trago e fez companhia ao rapaz. O bom da erva é que ela é facilitadora das coisas e deixa o tesão no grau, então o maduro aproveitou e perguntou se ele queria meter. Calma ai, parça, deixa acabar o blunt.
Coroa vadio leva pau de jovem no mato

Coroa vadio leva pau de jovem no mato

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*