Batendo uma bronha frenética

966
Share
Copy the link

Viril

Batendo uma bronha frenética. Aquela idade quando a gente vive de pau duro. Não que não sintamos tesão em outras idades mas nessa fase a excitação é uma coisa constante. Daí vem a punheta, um recurso mais que necessário para salvar o sujeito porque não tem sexo que dê conta de tirar todo o gás que o novinho tem para gastar. Se não fosse isso ele iria pirar, com certeza. Haja bronha, dia e noite a mão nervosa agita o cacete sem cansar. Agita até que ele goze rios de gala morna que molham o corpo e o chão.
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *