Fodeu com servente baiano atrás da moita

Ferramenta

Fodeu com servente baiano atrás da moita. Se tem um povo que sabe curtir a vida são os trabalhadores da construção. Para eles não importa se ganha R$1000 por mês e gasta R$500 numa noite só no puteiro. A diversão às vezes fica por conta de uma latinha de pitu e um torresmo e claro, um putinho que aparece para petiscar. A forma de agir é sempre a mesma. Quando vê uma obra vai perguntar o que vai ser ali, quanto o aluguel. Tudo conversa fiada porque o interesse mesmo é a vara do trabalhador. Se interessa tem a matinha para meter. Se não, já dispensa o sujeito com um xingamento.
Fodeu com servente baiano atrás da moita

Fodeu com servente baiano atrás da moita

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*