Engoliu pincel todo do pintor de Olinda

 Boca quente

Engoliu pincel todo do pintor de Olinda. Depois de entrar no ferro do novinho, o  danado segue com sua busca pelos pauzudos  mais gozadores do bairro.  A bola da vez foi um moleque pintor  que descansava depois do rango embaixo de uma árvore. Descansar que nada! Quando o boqueteiro viu o delicinha não resistiu e chamou o leke na moral. Ali perto, na lagoa, tinha um lugar onde poderiam ficar mais à vontade e lá poderia chupar a piroca.  Difícil um macho negar uma boca grátis gulosa no seu instrumento por isso ele foi e teve seu brinquedo saboreado.
Engoliu pincel todo do pintor de Olinda

Engoliu pincel todo do pintor de Olinda

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*